Seguidores

terça-feira, 2 de setembro de 2008

"ALMAS GÉMEAS"























Tal qual dois espíritos se encontram e se perdem
na volatidade dos dias, dois espíritos necessitados
do oxigénio do sonho para reinventarem a vida.
Dois rios que se encontram na confluência dos mares
explodindo as marés. Dois rios,duas estrelas
ou dois vulcões que se cruzam se abraçam
ou se anulam lutando contra o inexorável limite
dos limites.
LuizaCaetano

Um comentário:

Dolores Quintão Jardim disse...

E, por serem "Almas Gêmeas",estão aqui em dose dupla!

Que lindas...que lindas almas!