Seguidores

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

"CHEIRO DE TERRA MOLHADA"



PARABÉNS AMIGA LUIZA CAETANO!!!!!!
Vence o 76º CP da PP, o poema

"CHEIRO DE TERRA MOLHADA"

A terra se esvai
quase nua
num chão de terra deitada

Parto espasmo
de carne e de lua

cheiro de terra
depois da chuva.

e o meu
coração lavado
penetrado até à raíz

chora esotéricos orgasmos
num
rumor de água feliz.

(Luiza Caetano,autora do livro "Lisboa In Versos")

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Minha Poesia

Photobucket




Minha Poesia

abri a pagina...
fiquei
minutos assim ...
olhava...
teu rosto no branco do espaço,
movias os lábios...

o que era mais brilho,
teu sorriso amado...
ou teu cabelo dourado?

nada digitei...
estavas ali,
sem frase,
sem nada...

aprendi a te pintar,
te desenhar...

Essa obra que vi,
Esta aqui...
Poesia sim...
minha poesia.

L.Sol
11:47hs

sábado, 22 de agosto de 2009

"SONHOS"





"S O N H O S"
Ontem sonhei com você
dentro de um fado de Lisboa
numa escadinha de Alfama.

Era Alma! Era emoção
de braço dado a Pessoa
Era quase sedução
cintura de amor bordado

Era uma procissão
Um sonho realizado
Uma prece ou confissão

ou
um retrato abandonado?

LuizaCaetano

Um pensamento!

"Há gente que, em vez de destruir, constrói; em lugar de invejar, presenteia; em vez de envenenar, embeleza; em lugar de dilacerar, reúne e agrega."
(Lya Luft)

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

CARMEN REGINA


(imagem All Magnus)



Ah! um poema repaginado para ti ofertar:

LAÇOS...


Ah!, como é bom ser poeta: criar, criar e criar...
Crio, sim, crio crio e crio;
Milhões de laços vão se formando enquanto crio.


Gosto dos laços enlaçando nossas almas,
laços que se formam nas estrelas,
Laços ternos, brincadeira de criança
procurando amigos escondidos;


Laços indeléveis.
Cuido para que sejam firmes, para que unam,
E sirvam de pontes sobre águas turbulentas;
varais, de fora a fora no céu da vida,
para estendermos nossas roupas lavadas,
suadas de tanto brincar.
Laços para a Lilla.


Trapézio. Sim, para o show dos equilibristas;
Laços feitos de fios, como o de Ariadne, conduzindo,
conduzindo...
Laços para embelezar o presente
e enlaçar o instante.
Gosto de nós nos laços.
Apertados.

Carmen Regina

Alda Barreto



(Tela de LUIZA CAETANO )



Há uma lua imensa no céu,
seu brilho pálido e frio,
traz afago de lembranças
e de uma saudade insana
que se perde neste rio,
reflectindo profana,
imagens criadas em vão
no coração,
cá dentro onde afectos tantos
se acumulam como encantos
de um viver que já foi,
entre risos e prantos,
o marco maior de nossas vidas
vividas...
e que ninguém separa,
como jóia rara,
perdido no encanto
da lua que é hoje
a moldura do quadro,
que faz deste instante
mais um gesto concreto
do tanto que fomos...
Vem comigo mais uma vez
este instante reviver,
é o pouco que ainda resta,
porém é o que ainda somos...
sonhar em ser feliz, sem sofrer!



Alda Barreto

"VIAGEM"



(Imagem google)


Viagem

Concha úmida de contornos ondulados,
Acolhe oceano em dobras de êxtase pleno,
Trás para si um mar de emoções.
Faz com que instantes de amor e entrega
Comecem a tramar destino.

A intimidade dos sentidos tece
Uma vida espessa no oceano.
Contrações explodem em ondas
E atormentam a vida que dorme.

Ela vaga invisível num barco oculto,
Num mar sem margens, numa orla de dor.

Instinto migratório buscando a vida terrena.
Sopro divino num espiral eterno,
Fenda de luz mostrando-se ao barco.

Transporta vontades, move mãe oceânica
Preparando a passagem final ao porto.
Travessia de entrega, redonda, quente,
Quase palpável e sempre eterna

Rachel D.Moraes

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

PROJETO CASAMENTO PERFEITO


Proposta aos artistas
De autoria


Adaljiza Marta Machado Cuan



Apresento a você o casamento perfeito, trata-se de uma Antologia diferenciada. Um livro que reunirá obras de arte em tela, poesia e crônicas românticas.
É um espaço aberto a todos os escritores e artistas plásticos de ambos os sexos que queiram registrar suas obras inéditas em um livro


Cada pagina será um meio de divulgação de sua obra.




Seja poema ou tela, pois constara nele seu breve currículo e dados de contatos.
Uma oportunidade inédita, pois cada pagina terá o poeta e artista trabalhando em conjunto e divulgando seu trabalho,


A proposta do livro e Antologia poética Ilustrada que será lançada na Bienal do Livro em São Paulo em 2010

Mais informações pelo e-mail comendadora@hotmail.com

PROJETO CASAMENTO PERFEITO

PROJETO CASAMENTO PERFEITO

PROJETO CASAMENTO PERFEITO

"PALAVRAS IRREVERENTES"




"PALAVRAS IRREVERENTES"


Vens
como um delírio vermelho
que me rouba as palavras
e a matriz da verdade
num rumor de cadeias

Como se não me fosse
consentido
o revoltado grito
e a irreverência das palavras

Repetem-se os gestos rotinados
e o nácar nas bocas alheias
alucinadas em seus espelhos
tecidos de monotonia

Quisera reinventar-te, poesia
com o sangue das rosas vermelhas
e o profundo rumor da alegria


LuizaCaetano

in Lisboa In Versos (versão alterada)
2009/08/07

PROJETO LITERÁRIO BECO DOS POETAS E ESCRITORES

II Antologia Beco dos Poetas
Categoria: Acróstico Tema: nome de Mulher
Inscrição: três acrósticos
Taxa de inscrição: 15,00 reais




Tendo por objetivo proporcionar uma chance de publicação aos membros das redes afiliadas ao Grupo Editorial Beco dos Poetas & Escritores, promovemos a 2ª Antologia Beco dos Poetas.




Regras


1) Os textos deverão ser inéditos e inscritos na categoria de acrósticos, sendo nenhuma outra forma de texto aceita.



2) O tema é obrigatoriamente: NOME DE MULHER. Qualquer outro tema está desclassificado.



3) Será aceito apenas textos que estejam escritos em língua portuguesa e revisados pelo autor de acordo com as normas de escrita, sendo esse um dos critérios de eliminação dos textos.



4) A inscrição terá um custo ao autor de R$15,00. Cada autor poderá enviar três acrósticos por inscrição.



OBS: A taxa servirá para os custos de documentação e outras despesas que surgirem no decorrer do concurso. A taxa não será devolvida em caso de desistência ou de não classificação do autor no concurso.



5) O concurso será restrito apenas a membros dos sites ligados ao Grupo Editorial Beco dos Poetas & Escritores Ltda.



6) O prêmio do concurso será a publicação do trabalho, mais o valor referente a 10% sobre a capa dividida entre os participantes da antologia. Publicaremos o máximo de 120 acrósticos por obra podendo ser mais de uma obra de acordo com o volume de textos selecionados.



7) Todos os textos deverão ser enviados para o e-mail: concurso_de_poesias@hotmail.com



OBS: Após o envio dos textos por e-mail, encaminharemos os dados bancários para depósito da inscrição, bem como cópias do contrato de publicação e autorização de publicação. Esta documentação deverá ser enviada devidamente preenchida e assinada juntamente com a cópia do texto e xérox do depósito(recomendamos que o autor envie um xérox, guardando consigo o original) referente à inscrição para: a sede de nossa editora.Apenas após esse tramite o texto estará efetivamente inscrito no concurso.


Márcio

PROJETO LITERÁRIO DELICATTA

sábado, 8 de agosto de 2009

UM POEMA PARA O DIA DO PAI!!!!



(Meu amado Pai....descanse em Paz! Um dia voltaremos a nos encontrar!)



Um poema para o Dia do Pai!

Ter um Pai ! É ter na vida
Uma luz por entre escolhos ;
É ter dois olhos no mundo
Que vêem pelos nossos olhos !
*
Ter um Pai ! Um coração
Que apenas amor encerra,
É ver Deus, no mundo vil,
É ter os céus cá na terra !
*
Ter um Pai ! Nunca se perde
Aquela santa afeição,
Sempre a mesma, quer o filho
Seja um santo ou um ladrão ;
*
Talvez maior, sendo infame
O filho que é desprezado
Pelo mundo ; pois um Pai
Perdoa ao mais desgraçado !
*
Ter um Pai ! Um santo orgulho
Pró coração que lhe quer
Um orgulho que não cabe
Num coração de mulher !
*
Embora ele seja imenso
Vogando pelo ideal,
O coração que me deste
Ó Pai bondoso é leal !
*
Ter um Pai ! Doce poema
Dum sonho bendito e santo
Nestas letras pequeninas,
Astros dum céu todo encanto !
*
Ter um Pai ! Os órfãozinhos
Não conhecem este amor !
Por mo fazer conhecer,
Bendito seja o Senhor !

(FLORBELA ESPANCA)

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

LÚCIA POLONIO!





Um talento lindo!

"Nostalgia"



Nostalgia

Gostaria de nunca ter te conhecido,
te encontrado, te amado...
Que nunca tivéssemos unido nossas almas
em um único momento,
um único suspiro,
um único adeus!
Que tudo o que foi dito,
não passasse de um sonho,
um sonho ruim que trago guardado
em minha memória,
mas que aos poucos vai se apagando
como uma fotografia antiga
guardada em uma gaveta.
Que sua presença saísse de minha vida,
de meu corpo e de meu coração.
Que restasse apenas uma certeza
de que poderia ser feliz outra vez.
Gostaria tanto que seu amor
tivesse sido realidade,
mas apenas me deixou saudades.
Gostaria apenas de ouvir-te dizer
mais uma vez:
Estou aqui... Eu te amo!!

Lúcia Polonio 30/06/2009

"De que Vale"

De que vale

De que vale o brilho do sol
e a beleza da lua...
De que vale saber
que um dia fui tua

De que vale as flores,
os rios e os mares
De que vale os pássaros
que voam nos ares

De que vale um sorriso
estampado na face
De que vale saber que a cada dia
renasce o meu amor por você...

De que vale tudo, tudo nessa vida
Se a minha alma sofrida
Tem como triste sina
Não mais poder te ver!

Lúcia Polonio 15/07/2009

"O Mágico Poeta"

O mágico poeta

Todo poeta é um mágico...
Pois consegue transformar
em versos tudo o que sentimos,
fazemos ou gostaríamos de fazer.
Como num toque de mágica
nos leva ao mundo dos mais belos
sentimentos.
Penetra no íntimo de nossa alma
e nos faz refletir sobre a vida,
os amores não correspondidos,
as loucas paixões, mas acima de tudo,
nos encanta com sua sensibilidade.
Todo poeta é um mágico...
O mágico da alegria, dos sonhos,
da esperança e da fé.

Lúcia Polonio 05/07/2009

"Recomeço"




Recomeço

Vou tirar você do pensamento,
da minha vida
e do meu coração.
Fazer uma limpeza na alma,
vasculhar meus pensamentos
e esquecer minha paixão.
Quero viver, sorrir,
sonhar...
Esquecer que um dia
você me fez chorar.
Quero encontrar alguém
que me complete
e nunca me faça sofrer.
Que me ame de verdade,
sem mentiras ou fasidade,
que saiba me entender.
Quando esse amor
eu encontrar,
irei recomeçar
e você dos meus sonhos
irei apagar.
Serei então feliz.
E você no meu passado triste,
morrerá.

Lúcia Polonio 05/06/2009

"Sentimentos"


Sentimentos

Essa dor que não cessa,
que fere, sangra e sufoca.
Essa saudade que chega,
cresce e quer ficar.
Essa mágoa guardada
em meu peito
é uma paixão entranhada
em meu ser.
Essa tristeza na alma contida
que não quer passar.
Então grito,
choro e calo...
E no meu silêncio
te encontro...
E começa tudo outra vez.

Lúcia Polonio 27/05/2009

"Lua"

Lua

Eterna rainha da noite
És inspiração dos poetas,
amantes e apaixonados.
Sua luz nos emana
harmonia, força, magia e amor.
Quem me dera ter tua beleza,
teu encantamento,
teu brilho e teu infinito explendor.

Lúcia Polonio 24/05/2009

"Descoberta"

Descoberta

Hoje pensando na vida,
acabei pensando em você
Descobri que a vida é uma eterna caminhada.
Descobri que a vida só tem sentido quando estamos ao lado
das pessoas que gostamos e que nos fazem felizes.
Descobri que as pessoas que nos amam,
devem nos amar da maneira que realmente somos
sem querer nos mudar,
apenas nos amar incondicionalmente.
Hoje, pensando na vida
Descobri várias coisas...
Me descobri,
e fui te descobrindo
E nessa descoberta,
descobri que amo você.

Lúcia Polonio 23/03/2009

"Alguém"

Alguém

Se algum dia pensares em mim,
pense em alguém que luta,
que sonha, que espera.
Pense em alguém que tem
cicatrizes profundas na alma,
Cicatrizes que continuam vivas
apesar do tempo.
Pense em alguém que continua lutando,
apesar das inseguranças.
Que apesar de tanto sofrimento
ainda sonha em ser feliz.
Mas acima de tudo,
pense em alguém que jamais
esquecerá que tu existes.


Lúcia Polonio 19/05/2009

"VENTANIA"

Ventania


Passastes por minha vida
como um forte vento,
fizestes minha alma balançar.
Derrubastes as colunas de esperança
que foram erguidas com o tempo
E fizestes meu coração chorar.
E assim, voaram todos os meus sentimentos,
e um por um tive que arrumar.
No entanto, apesar de tudo,
simplesmente passastes.


Lúcia Polonio 20/05/2009

"LÚCIA POLONIO EM POEMAS"




Além da Vida

Lá,
onde existe só beleza,
onde a vida com certeza
tem outra razão de ser.

Lá,
só existe harmonia,
onde tudo é alegria
e todos se sentem irmãos.

Lá,
vivem todos que amamos,
que há muito tempo deixamos
partirem ao encontro da paz.

Lá,
tudo sempre é magia,
sem nenhuma fantasia...
Tudo é muito real!

Lá,
onde todos nós iremos,
e juntos sempre estaremos
em busca do amor e o perdão!

Lúcia Polonio 06/08/2009

AMIZADE!!!!!!!!!


A Melhor Prova duma Real Amizade

A melhor prova duma real amizade está em evitar os compromissos entre aqueles que se estimam. Ainda que devendo muito aos que muito me louvam, eu não quero ser-lhes obrigada pela gratidão. Mas sim grata porque estou com eles, devido a circunstâncias que a todos nós agradam e são um laço mais entre nós, sem constituírem um dever. Eu pretendo dizer da amizade o que Diógenes dizia do dinheiro: que ele o reavia dos seus amigos, e não que o pedia. Pois aquilo que os outros têm pelo sentimento comum não se pede, é património comum. Neste caso, a amizade.

Agustina Bessa-Luís, in 'Dicionário Imperfeito'

De: Leninha- Sol

o tempo corre como tempo/luz... num piscar de olhos, então...
para dar tempo... as funções precisam ativar tds os sentidos e absorver o que der.
Enquanto teclo...outras tantas INFORMAÇÕES silenciosas entranham na alma...
talvez as fale ou...apenas as sinta,
e aprenda com elas sem tempo de contar...pois outras e mais outras ja tenho nas mãos...
As portas estão abertas e as luzes se acenderam a algum tempo...
vamos?

beijo e carinhos de Leninha.10:45hs
L.Sol

De: Izabel Dias

EM TEUS BRAÇOS

No suporte das aspas
armo a rede
que me acolhe
por momentos preciosos.
Sou coração pedinte
fugindo do frio,
querendo o calor
dos braços seus...


(Izabel Dias 05/08/2009)

De:arteflord'alma

... quero a linha direta
das tuas tortas direções
tuas digitais
tuas mãos
pra que meu eu
consiga digerir
tuas exitantes
afinações
teu poder com palavras
consome
qualquer pensamento
e fico cá
extasiada
muda
diante de tal
superioridade infinita.
... tu és poeta da vida!
dos sons perdidos
em ecos ...
e escusos
compartimentos da alma
onde reservo
um espaço
pra meu
rasgador de almas.
Que não morre!
... mas sim germina
no centro da flor
do caule
escorrendo
sabedoria e
entendimento
és tu perfeito
como o caule
é perfeito pra
sua Rosa !

arteflord'alma

De: Regina Z

A Mesma...

Vive mil emoções...
Percorre mil bares
Atras de milhares,
Para mil lares...
Escuta canções
Que de tudo um pouco fala
Alguns momentos sente felicidade
Outros infelicidade
Sente saudades...
Navega nos mares
Na primavera
Nunca se revela
Ela, amante da noite
Nunca para e,
nunca cala...
Ela é tudo
cria...
Tem fé...
Tem esperanças...
Dança todo dia
Tem muita alegria
Gosta da união
É amiga da paixão...
Ela faz o possível e,
também o impossivel...
Espalha lindos sorrisos
Deseja o amanhã amanhecer
Para mais um dia viver...
Ela se basta
Ela se gasta
Ela sorrí...
Ela tem raça!!


por Regina Z.

domingo, 2 de agosto de 2009

DE LUIZA CAETANO,PARA O MUNDO !!!!!!!!





LISBOA IN VERSOS – MOVIMENTO IMPARÁVEL

A partir do momento em que um livro nasce, é editado e publicado passa o mesmo a ser património de quem o quiser ler. Se acaso ou por mérito próprio o mesmo atingir tantas pessoas ou entidades que a partir dele envolvam manifestações ou celebrações honrosas, cabe ao seu autor a realização de que o acto de escrever não foi! Não é um acto em vão!

“Porque quando escrevo não o faço para o meu umbigo, nem por um mero jogo de palavras mais ou menos bonitinhas, muito menos para fruto de fácil exibicionismo. Escrevo sempre com o coração e a genuína emoção visceral dos meus sentimentos numa catarse que também pode ser crítica, para além da emoção, da paixão ou simplesmente do tédio – sublinhando que muito menos o faço por questões comercialistas”

Assim é que, o LISBOA IN VERSOS , recentemente editado e tão carinhosamente acolhido tem vindo a criar uma abrangência a todos os níveis admirável e surpreendente
envolvendo as sinergias de muitas pessoas , Entidades e Espaços Culturais que por si só, já justificam a realização e a felicidade pessoal da sua autora.
Como reconhecer e agradecer gestos que vão para além do simples agradecimento? Não posso, nem quero deixar de expressamente nomear, aqueles que de forma excepcional estiveram na esteira deste MOVIMENTO IMPARÁVEL, como Ana Garjan e a sua Fundação ArteForum num empenhamento e apoio ao mais alto nível, a Sónia Batista insuperável, aos imensos blogues e sites, à Casa da Rosas que acolheu o Lisboa In Versos com uma Festa memorável, à Dolores Jardim e a suas filhas a quem devo muitos incentivos e muito trabalho de bastidores, à minha inseparável amiga Bianca-Lua a verdadeira parteira do livro, companheira e divulgadora a nível do Rio de Janeiro e Penedo, à Mell Glitter pela sua carinhosa recepção, divulgação e profissionalismo, à TVORKUT na pessoa do seu presidente Petrúcio Melo pelo acolhimento, à fadista Conceição de Freitas que foi a voz do fado num magistral liame Brasil-Portugal,, à Livraria da Casa Laura Alvim e ao querido Phillip do Rio de Janeiro, à Adega Cultural do Paulo em Penedo, assim como a todas e todos os amigos e conhecidos que me fizeram acreditar no real valor desse Lisboa In Versos que está ganhando mundo dando continuidade a esse MOVIMENTO IMPARÁVEL.
Parafraseando Fernando Pessoa, Vale sempre a pena quando a alma não é pequena.
A todos o meu reconhecimento de Alma e Coração.


LuizaCaetano, Lisboa-Portugal, 2009/8/02