Seguidores

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

FESTIVAL DE POEMAS DE JOÃO JACINTO

4 comentários:

Luiza Caetano disse...

Continuo
sem saber sonhar,
sem me surpreender,
sem estruturas,
iludido ao que não sei;
mas vem de mim.

Ainda, não o posso matar,
para que eu não morra.

joão m. jacinto

Adoro JJ pela sua maestria e seu jogo de palavras - emoções!

Adoro-te pela generosidade e amizade

beijos

Menina do Rio disse...

Querida, desde o dia que me visitastes que tento entrar aqui. O blogger as vezes dificulta muito e não consigo entrar em algumas paginas.

Quero te agradecer o carinho e a amizade que prezo muito!

Um beijinho na tua alma, amiga querida.

Fica com Deus

Dolores Quintão Jardim disse...

Luiza,que querida...sabes o quanto és admirada por teu amigo João Jacinto..

Nada mais que tenhas vindo retribuir toda a admiração pelo poeta,que além de ser teu amigo pessoal,é realmente um poeta com "P",maiúsculo.

Admiração profunda por ambos!

Beijinhos,no coração!

Dolores Quintão Jardim disse...

Menina do Rio!


Ai, querida,como é bom te ver aqui.
Teu blog, tuas poesias e a tua presença,deixam o "Meu Encanto", nosso encanto mais florido,mais poéticco,mais romântico.


Obrigada!

Beijinhos.