Seguidores

domingo, 3 de agosto de 2008

"Sonhos Adiados" - Luiza Caetano





"SONHOS ADIADOS"


Murcha- se-me
a boca entre
solitárias pétalas
enquanto o Verão
desencadeia
uma absurda energia.

Um pássaro voa longe
contra a luz do meu peito
e o mar é devassado
em promessas invisíveis.

No ar
a esperança
me acena o paraíso
que em cada dia
me enevoa os olhos

Porém,
os noticiários alertam
para mais um náufrágio
ao largo dos meus sonhos.

LuizaCaetano

2 comentários:

Luiza Caetano disse...

Porém,
os noticiários alertam
para mais um náufrágio
ao largo dos meus sonhos...

E nem toda a fantasia que me possui, tem a força de ir além...

Meu barquinho de velas amarelecidas paira absurdamnte ao largo do Mar dos Sargaços.

A pescaria torna-se numa ambiguídade do dia a dia.

Permanece o encantamento neste peito
que admira demais
a dona
do MEU ENCANTO

Leninha disse...

Vou repetir até ficar sem voz...

Tocou fundo...
qdo a alma é a própria vida...
vira energia e o coração...é só um canal de luz.
amar ...amar...e amar...
conflitos nunca mais...
nada somos se não alma e assim amamos.

Beijo a nossa poetisa...
beijo Minha Fada Dolores