Seguidores

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Luiza Caetano



" L U A "
Noite após noite
lhe conto os quartos
e as metades fulvas
como orgias em regaços sonhados

Te assemelhas por vezes
a uma barca perdida
inclinadamente esquecida
no céu de todas as estrelas

Ou
a um espelho reflector
assustando
os lobos! os cães e os homens
em noites de flancos escondidos

Raínha iluminadamente voraz
na minha cama de linho incendiada
Estertor da cada alvorecer

Desde o nascer ao morrer
divinamente prateada

luizacaetano


"S A U D A D E S"
Guardo
nas minhas mãos
o súbito calor das tuas,

A magia
desse olhar
perdido no meu!

O cálice
da tua boca
bebendo na minha,

o cristal
das tuas palavras
no Céu do meu sonhar,

Guardo,
ciosamente
Meu Amor,
cada momento
feito de tudos
e de nadas
de risos e de espanto

Bebo
a espuma da saudade
e o pranto

Todos os dias
de te lembrar...

Todos os dias!

luizacaetano


"MEU AMOR DE MIM"
Bebo a água
bebo a mágoa
meu sangue de raiva a fluir

morango
de sol e de lua
minha ponte pronta a ruir

meu infiel amor
meu ramo
de urze quebrado

meu coração
de algodão
minha dor, flor de jasmim

Meu cais
meu porto de mim

luiza caetano


"VAZIO REDONDO"

Há um vazio redondo
que fere o silêncio e os gritos
como escarpas estilhaçadas ...

Há um abismo redondo
na poeira dos meus passos
um precipício de mêdo
tecido na rotina dos dias...

Há um esgar de ausência
em cada noite encostado
como se esperasse
um pássaro por amanhecer...

Um cansaço de acuçenas
amarelecidas pelo tempo
sangrando as esperas na arena,

as Primaveras, subitamente feridas,
se extinguem num vazio redondo
como um grito contra o muro.

luizacaetano

2 comentários:

Leninha disse...

Podemos começar por aqui...lendo essas belezas de Luiza...
na dificil tarefa de escolher os melhores...
lindo essa coletânea que vc escolheu Dozinha.
beijo beijo beijoooooooo

Dolores Quintão Jardim disse...

Obrigada,querida Leninha!
Muito difícil,escolher!
São todas de uma sensibilidade enorme!

Beijo,beijo,beijoooooooo