Seguidores

terça-feira, 1 de março de 2011

"DANÇARINANDO"


Dançarinando...

Ela vestiu-se de pétalas... E perfume de mar
E iluminou a noite com sua dança
Tomando o vento por seu par
A dama e seu invisível cavalheiro
Dançaram a valsa da madrugada
Com as cores da aurora refletidas nos cabelos
E ela dançava como se a vida a pudesse esperar
O mundo era seu palco e os anjos sua platéia
O tempo tocou flauta e o sol acordou para espiar
Por entre as flores o dia rodopiava com as borboletas
Seus pés passeando como plumas no chão
Suave como um bolero... Dois pra la... Dois pra Ca...
E tudo mais era silencio e todos os olhos imensos
Somente para vê-la dançar...

(SamisXela)

6 comentários:

Poeta Renato Douglas disse...

Olá adorei teu blog, lindo mesmo. Parabéns. Fique a vontade para fazer uma visitinha ao nosso “Alto-falante” e seja mais um membro. Você é nosso convidado especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/.
Um grande abraço!

Renato Douglas!

Poeta Renato Douglas disse...

Olá adorei teu blog, lindo mesmo. Parabéns. Fique a vontade para fazer uma visitinha ao nosso “Alto-falante” e seja mais um membro. Você é nosso convidado especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/.
Um grande abraço!

Renato Douglas!

O que Cintila em Mim disse...

Dois pra lá e dois pra cá e começa o esplendor!

Doroni Hilgenberg disse...

Lindo Blog.
Cheguei até aqui, procurando algo da nossa querida Janete que deixou saudades imesas.
Ah... e esse poema, como é bom dançar, a musica nos faz sonhar e a dança nos eleva. bjs

Manuella Epaminondas disse...

Simplesmente lindo.
Gostei muito do seu espaço, voltarei.
Grande abraço


http://manunatureza.blogspot.com/

Manuella Epaminondas disse...

Parabéns seu espaço é um mimo...
amei o poema...bem sutil

um abraço

http://manunatureza.blogspot.com/