Seguidores

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

LUIZA CAETANO

"OS TEMPOS E OS GESTOS"

Mas... também já houve tempo
em que eu fui eu
e não outra como hoje.

Foram dias de certezas
em que o sol brilhava no meu ser
como bola de mil cores.

Quem apagou o incêndio
que em mim ardia?

O Inverno?
ou o inferno
do teu súbito silêncio?

Que é feito
dessa doce cumplicidade
que unia as nossas mãos e os nossos corpos?

Hoje, sou aquela que caminha
de olhos abertos e mortos
mas... que ainda olha para trás
com saudade.

LuizaCaetano

Um comentário:

Milene Souto disse...

Como a saudade e a decepção nos machuca! Adorei a sua iniciativa de divulgar os poemas e os poetas que te encantam. Beijos.

http://melodiaemversos.blogspot.com